Blog WIS

Conteúdos voltados para aprendizagem

Aprendizagem autodirigida: onde quem manda é você!

Aprendizagem autodirigida: onde quem manda é você!

15

Oct

Aprendizagem

De modo geral, a aprendizagem acontece assim: o professor determina o que o aluno deve estudar, com base em critérios pré-estabelecidos, e transmite esse conteúdo nos dias, horários, formatos e locais definidos para isso. 

Mas e se a sua aprendizagem pudesse ser autodirigida, ou seja, guiada por você? 

Na Aprendizagem Autodirigida, é você quem escolhe o que, como e quando aprender. 

Nesse modelo de aprendizagem, você define que informações são relevantes e que competências quer ganhar ou melhorar, com base nos seus próprios interesses e nos resultados que quer alcançar.

E por onde começar?

Na verdade, talvez a coisa mais importante para quem quer dar o primeiro passo na Aprendizagem Autodirigida seja a curiosidade. 

O aluno tem de estar em sintonia com o mundo e as transformações que estão acontecendo e ter desejo genuíno em descobrir mais. E isso antes de identificar sobre o que ele precisa e/ou gostaria de se aprofundar, especificamente. 

Aliás, outra pergunta a se fazer é: Por que eu preciso aprender isso? Diferente do ensino tradicional, na Aprendizagem Autodirigida nós podemos e devemos responder a essa questão!  

Se necessário, busque ajuda de outras pessoas para descobrir quais são as suas demandas. Mas lembre-se de que é você o condutor desse processo, não os outros.

Já o conteúdo pode vir de livros ou cursos presenciais, mas também de blogs, aplicativos, vídeos, séries, webinários, podcasts, cursos online: a Internet é um território vasto para quem quer aprender por conta própria.

A partir daí, defina os objetivos, prazos e a agenda que vai seguir. De preferência, a possível!

Vale ainda usar ferramentas que facilitem o aprendizado. 

Como sites e aplicativos para a organização dos estudos (Google Agenda, Trello), das ideias (MindMeister), que fornecem conteúdo pago ou gratuito (Youtube, Vimeo), ou que estimulam o aprendizado em si. 

Por exemplo, um aplicativo de gamificação para aprender uma nova língua, como o Duolingo. 

Mas quais são os benefícios da Aprendizagem Autodirigida?

  • O primeiro deles é que você aprende o que precisa aprender. 
  • Você aprende como e quando pode, como falamos no início do artigo. 
  • A pressão geralmente é menor, uma vez que você é quem decide. Isso faz com que você tenha mais disposição em estudar e que consiga fazer isso melhor. 
  • Você tem a chance de aprender sobre assuntos dos mais variados, quando não depende diretamente de pessoas, horários ou descolamentos, por exemplo, para ter acesso a eles.  

O ambiente corporativo também é lugar de Aprendizagem Autodirigida!

E uma das formas de incentivar a prática é oferecendo conteúdos diversificados e ferramentas úteis aos colaboradores, de acordo com os objetivos do negócio. 

A organização ainda pode orientar o profissional quanto ao contexto de cada aprendizado, mas dando a ele a autonomia para traçar seu percurso.

Uma Learning Campaign, inclusive, tem tudo para potencializar essa iniciativa, pois a Campanha de Aprendizagem por si só já promove a distribuição do conhecimento de maneiras variadas e mais interessantes.  

E o que o time ganha com isso? 

Sentimento de auto realização a cada etapa cumprida, a cada conquista. 

Fora a autorresponsabilidade e a autoconfiança que o colaborador sente, a partir da liberdade que a empresa dá a ele para se desenvolver.

O caminho para o conhecimento pode sim ser trilhado por você ou por sua equipe.

E sem intermediários. Para saber mais, converse com a Wis.. 

Banner Próximos Cursos

Nosso compromisso é manter você atualizado!

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.